sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Coco avant Channel - trailer legendado

Estava prevista para hoje a estréia de Coco avant Channel, filme sobre a escalada da clássica estilista francesa desde uma vida pobre até a revolução da moda e chegada à alta sociedade. Dei uma olhada no jornal de hoje e não vi o filme em nenhuma sala de cinema em Fortaleza, mas de qualquer forma Potô e eu não poderíamos ver hoje pois money que é good nós num have. :( Mas como o interesse é mútuo (ele gosta que eu me interesse por moda, mas não quer que eu me torne fútil. Nem eu. E ele também acha interessante a influência de estilistas na história), provavelmente vamos assistir quando estreiar, numa sessão promocional.

Por enquanto, deixo aqui o trailer legendado do filme.

3 comentários:

Potô disse...

Nós vamos assistir sim esse filme, amor. E quase me acabei de rir quando li o q vc escreveu "money que é good e nós num Have" muito bom. rsrsrsrsrsrs.

E não é pra se tornar uma pessoa fútil, por favor.

te amo!!

e nós vamos assistir a Coco Channel. No decorrer do filme vc vai me explicando as coisas.

asnalfa disse...

Comunistas assitindo filme de moda? E ainda por cima uma bio-pic da Chanel??
Ah nao pode. O mundo vai acabar mesmo em 2012.
Bjos!

Sheryda Lopes disse...

Tô estudando amor e vou apssar tudo que eu aprender sobre moda. Vc vai ficar melhor que o Bruno!


Asnalfa, a moda não necesariamente precisa ser uma coisa capitalista. Ela é um traço de comportamento na sociedade, muitas utilizado pelas pessoas para se expressar. Claro que o capitalismo abraça isso, como abraça tudo que vê pela frente. E a Chanel, como coloquei em outro post anteriormente, teve uma influência importante na história das mulheres, no que diz respeito aos vestuário, pois suas roupas melhoraram o conforto e locomoção de quem as usava. Não confunda a estilista com a marca, que hoje faz outras coisas e tem significados completamente diferentes dos idealizados por Coco.

Outra coisa: não me considero uma comunista, pois não conheço a fundo a teoria do comunismo por isso não posso dizer que sou adepta a ela. Mas com certeza não quero o capitalismo.

E o mundo vai acabar em 2012? É melhor eu correr senão não vou conseguir me formar!!

Abraços p vc também e volte sempre!